Atletas

Eduardo Yudy | Judô

Meta
1%

Já patrocinado/mês R$ 50,00   |   1 apoiador
Meta R$ 7.500,00

Nascido em Ibaraki, no Japão, Eduardo Yudy começou a praticar o judô aos 4 anos. Tamanho o envolvimento, escolheu cursar faculdade de educação física com foco em judô e transformou a modalidade em profissão.

Com seu bom desempenho na modalidade e a definição de Tóquio para sede dos Jogos Olímpicos de 2020, tudo parecia encaminhado para o sonho de disputar os jogos em casa.

Mas havia um grande obstáculo: embora nascido e criado no Japão, tinha nacionalidade brasileira por ser filho de brasileiros. Sendo assim, não poderia fazer parte da Seleção Japonesa.

O destino conspirou a favor do sonho.

Durante uma temporada de treinos de uma equipe brasileira no local onde fazia faculdade no Japão, Yudi explicou a situação e demonstrou interesse competir pela academia.

Três meses depois desta conversa, Yudy recebia o convite para vir até o Brasil participar de um campeonato, competindo pela Academia Mercadante, do interior paulista. 

Meio sem saber direito de que competição se tratava, resolveu arriscar e vir.

“Eu vim com a cara e a coragem só para lutar um campeonato. Fui campeão e consegui entrar para a seleção júnior.”

Largou tudo no Japão para começar uma vida nova no Brasil. 

Tamanho o potencial do judoca, a Academia Mercadante fez contato com um técnico do Esporte Clube Pinheiros e o meio-médio passou a representar o Clube a partir de 2014, permanecendo até hoje.

Seu foco atualmente está todo no judô. Só pretende retomar os estudos após 2020. Em 2019, sagrou-se Campeão dos Jogos Panamericanos em Lima.

“Eu estou em busca de ser campeão olímpico. 2020 é a minha meta. Antes disso, não consigo mais focar em nada que não seja isso”.

Onde serão aplicados os recursos:

Eduardo Yudy treina e compete em ótimas condições. Porém, o esporte de alto rendimento é de um nivelamento tamanho que a diferença é tirada nos detalhes. 

Os recursos dos Mosqueteiros serão destinados à fisioterapia específica, suplementação nutricional, materiais esportivos e viagens para treinamentos e competições nas quais o atleta tem custos.

Não são todas que são pagas integralmente pelo Clube ou Confederação e, algumas delas, surgem através de uma classificação e com um curto espaço de tempo para se planejar financeiramente.

São para essas questões que poderemos ser agentes transformadores do segmento.

Principais Conquistas:

• Campeão dos Jogos Panamericano 2019
• Campeão Paulista - 2015;
• Campeão Brasileiro - 2015;
• Campeão do Evento Teste Rio 2016;
• Campeão do European Open na Italia - 2017;
• Campeão Panamericano 2017;
• Campeão Mundial Militar 2018;
• Vice Campeão da Seletiva Olímpica 2017;
• Vice Campeão do Troféu Brasil 2016;
• Terceiro lugar no European Open na Estônia - 2016
• Terceiro lugar no European Open na Escócia - 2016
• Terceiro lugar no Grand Prix em Túnis - 2018
• Terceiro lugar no Panamericano 2018 e 2019;
• Terceiro lugar no Oceania Open 2019;
• Terceiro lugar no Mundial por equipe 2019;
• Quinto lugar no World Masters 2017;
Quinto lugar no Grand Slam Paris  2017;

Redes sociais:


Instagram: